Atlético Paranaense

Volante moderno, Otávio vê vídeos de Pogba para evoluir no Atlético-PR
Volante moderno, Otávio vê vídeos de Pogba para evoluir no Atlético-PR
  • 12:19

Volante moderno, Otávio vê vídeos de Pogba para evoluir no Atlético-PR

Volante é o quinto jogador com mais roubadas de bola no Brasileirão, tem 91% de aproveitamento nos passes e tem só uma falta cometida. Será titular contra o Vasco

O jovem Otávio, titular do líder Atlético-PR, tem o perfil do que muitos chamam de volante moderno. Marca firme, sai para o jogo com qualidade e ainda aparece como elemento surpresa no ataque. Os números provam isso. Ele é o quinto maior ladrão de bolas do Campeonato Brasileiro, com 15 em apenas três jogos. Talvez fosse o líder no quesito se tivesse atuado nas cinco rodadas, assim como a maioria dos concorrentes (confira a lista abaixo).

Além disso, Otávio tem um aproveitamento de 91% nos passes (106 certos e só 10 errados), apenas uma falta cometida em toda a competição e seis finalizações (média de duas tentativas por jogo). O motivo para os números positivos? Ele mesmo responde:

- Trabalho. A gente no trabalho, no dia a dia, tenta fazer o nosso melhor e tenta focar sempre no que o professor (Milton Mendes) pede, ter o nosso melhor desempenho possível nos treinamentos para que, no jogo, a gente possa ter o melhor aproveitamento possível - falou o jogador de 21 anos, revelado pelo próprio Furacão, em entrevista ao GloboEsporte.com na manhã de sexta-feira.

Para melhorar ainda mais os números e crescer na carreira, Otávio busca inspiração em um nome de peso. Ele costuma aproveitar o tempo livre para assistir aos jogos de Pogba, que defende o Juventus e a seleção francesa. Também vê vídeos na internet para analisar como o craque de 22 anos atua e tentar tirar algumas lições para colocar em prática no Rubro-Negro:

- No momento em que eu estou ali na concentração ou estou de folga, eu tento ver bastante o Pogba jogando. É um jogador da minha posição que está em evidência no futebol mundial. Eu assisto jogos, vejo vídeos também do Pogba, do Hernanes também, que estava na Seleção brasileira e que atualmente não tem sido convocado. São jogadores em que eu me espelho.

Assim, inspirado em Pogba e Hernanes (brasileiro da Inter de Milão), Otávio vai tentar ajudar a manter o Atlético-PR na liderança do Campeonato Brasileiro. O próximo desafio, com ele confirmado entre os 11, será contra o Vasco, às 22h (horário de Brasília) deste sábado, na Arena da Baixada. Ele prevê dificuldades, mas confia em uma nova vitória:

- No Brasileiro, só são jogos difíceis, só tem equipes de qualidade. A gente, a cada dia, vem demonstrando que a gente está no caminho certo, estamos buscando, com todas as dificuldades. Sabemos da nossa qualidade e do que temos que fazer dentro de campo. Sempre vamos encontrar dificuldades do outro lado, assim como os adversários do outro lado vão encontrar dificuldades da nossa parte também - completou o jovem.

Vale lembrar que, pouco antes de Otávio entrar em campo, o Juventus de Pogba enfrenta o Barcelona na decisão da Liga dos Campeões.

"Otávio não é um caça-craque"

Otávio tinha atuado em apenas três partidas no Campeonato Paranaense - todas pelo Torneio da Morte. Teve uma chance, diante do Atlético-MG, após Deivid sofrer uma lesão e Jadson ficar suspenso. Mesmo com Jadson à disposição, ele ganharia a disputa e permaneceria no time. Contra o Vasco, portanto, ele fará o quarto jogo seguido como titular. E, pelo jeito, Milton Mendes deve mantê-lo entre os 11 por um longo tempo. O comandante rubro-negro tem feito vários elogios ao garoto, como na entrevista de sexta-feira:

- Todos os nossos jogadores têm que atacar e defender. Não podemos ter um jogador que só defende, aqueles conhecidos "caça-craques" antigos. Hoje, nossos volantes, obrigatoriamente, têm que jogar porque é ele o coração do time. Eles têm que aparecer mais na frente, têm que jogar alimentando os meias, cobrindo os laterais e cobrindo os meias. São protagonistas da equipe. O Otávio tem trabalhado muito bem. Além de ser um excelente profissional, é um homem extraordinário. Juntamente com os outro jogadores do meio-campo, eles têm procurado dar o máximo em prol da equipe. Logicamente que todos procuram dar o seu melhor, aproveitando o cavalo branco. Ele está aproveitando. Eu costumo dizer e vou repetir: coletivamente realça o individual; o individual não realça o coletivo. Ele (Otávio) está jogando pelo coletivo e está realçando o seu individual. Não só ele, como os outros todos - comentou o treinador.

Fonte: Globo Esporte