São Paulo

Ceni corre contra o tempo antes de Choque-Rei
Ceni corre contra o tempo antes de Choque-Rei
  • 09:48

Ceni corre contra o tempo antes de Choque-Rei

Veja

Aos 42 anos, Rogério Ceni terá uma semana decisiva no São Paulo. Desta vez, ao contrário dos últimos meses, o assunto não é a prorrogação de seu contrato, mas sim, a tentativa de se recuperar de uma lesão a tempo do clássico contra o Palmeiras, domingo, no Allianz Parque.
O ídolo tricolor não participou do empate diante do Avaí, em casa, por 1 a 1. Ele sentiu um incômodo muscular na coxa direita e foi preservado. Fez tratamento durante toda a semana passada e, na última segunda-feira (22), permaneceu no Reffis em busca da forma física ideal para atuar contra o Alviverde.
O departamento médico do clube prefere ter cautela ao falar sobre a chance do Mito estar em campo no Choque-Rei.
“É começo de semana, vamos avaliar. Hoje, ainda é cedo. Não trabalhamos com prazo. O Rogério está melhor. Apesar de não ser grave (a lesão), é uma preocupação”, explicou o médico José Sanchez.
Ele ressaltou que precipitar a volta pode piorar a situação do músculo e agravar a lesão. Na última semana, Rogério trabalhou em dois períodos para antecipar seu retorno. O ritmo do tratamento não deve ser o mesmo. Segundo Sanchez, até a pele começa a se desgastar com esta intensidade elevada.
“Temos de ver a evolução durante a semana, tratar com cuidado, ver se dá para ele treinar. Tem de tomar cuidado, pois o corpo acaba não aguentando três corridas no dia, colocar gelo três vezes... A própria pele não aguenta. No começo, até dá para ser mais intenso. Depois, precisa ter mais cautela”, concluiu o médico do São Paulo.
Substituto/ Caso Ceni não se recupere a tempo, a tendência é Renan Ribeiro seguir como o titular no clássico. Aos 25 anos, ele disputou o segundo jogo no ano, contra os catarinenses – no Paulistão, atuou na vitória sobre a Portuguesa, por 3 a 0.
“Sim, com certeza estou preparado faz muito tempo. Eu me preparo a cada dia para a próxima oportunidade ser melhor ainda”, declarou Renan, ao site do Tricolor.
Mas a confiança do jogador não servirá de nada caso Rogério se recupere. Aí, ele terá de esperar pela próxima chance.
Fonte: Diário de S. Paulo