São Paulo

Leco quer Michel Bastos como moeda de troca e fala em trazer protagonistas
Leco quer Michel Bastos como moeda de troca e fala em trazer protagonistas
  • 03:08

Leco quer Michel Bastos como moeda de troca e fala em trazer protagonistas

Rafael Marques, do Palmeiras, e Sassá, do Botafogo, interessam ao São Paulo

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, confirmou nesta semana que chegou ao fim o ciclo de Michel Bastos no clube. O dirigente admitiu que a intenção da diretoria é utilizar o meia como moeda de troca e acredita que a medida será importante para formação de um elenco forte para 2017.

"É possível que sim (fim do ciclo), por causa de algumas circunstâncias, não que nós desejássemos, mas é a dinâmica do futebol", afirmou Leco, em seguida perguntado se Michel tem de ser usado como moeda de troca na próxima janela. "É importante", respondeu.

Leco foi perguntado sobre uma série de nomes que estão na lista da diretoria para o ano que vem, todos para o ataque. O presidente já admite interesse nos atacantes Nilmar, do Al Nasr (EAU), Rafael Marques, do Palmeiras, Willian, do Cruzeiro, e Sassá, do Botafogo. A diretoria também já se fez consultas por Wellington Nem e Bernard, do Shakhtar Donetsk (UCR). A ideia, segundo o mandatário, é ter nomes de mais peso no elenco.

"Você acabou de citar quatro grandes nomes que podem perfeitamente vestir a camisa do São Paulo. Informações e análises já temos, algumas coisas vão acontecer. O São Paulo quer sim alguns jogadores protagonistas no elenco que possam nos ajudar no ano que vem", afirmou.

O presidente voltou a dizer que gastará mais dinheiro do que foi investido este ano para contratações, mas não quis especificar quanto. Ele também lamentou o momento do time, que nesta segunda-feira foi derrotado por 1 a 0 pelo América-MG, antes lanterna do Campeonato Brasileiro.

"O time ficou abaixo do esperado esse ano, mas tem de certa forma sentido em virtude das dificuldades que o clube enfrentou recentemente e está em processo de reformulação em busca de uma reconquista", ponderou.