São Paulo

São Paulo já dispõe de recursos para honrar dívida com elenco, diz diretor
São Paulo já dispõe de recursos para honrar dívida com elenco, diz diretor
  • 11:14

São Paulo já dispõe de recursos para honrar dívida com elenco, diz diretor

Fonte: Esporte Interativo

Osvaldo Vieira de Abreu, diretor financeiro do Tricolor, afirmou que os direitos de imagem atrasados já começaram a ser colocados em dia
Ainda em um momento de grande instabilidade no Campeonato Brasileiro, o São Paulo finalmente recebeu uma boa notícia nesta quarta-feira (08). Segundo informou o diretor financeiro do clube do Morumbi, Osvaldo Vieira de Abreu, em entrevista publicada pelo portal “Globoesporte”, o clube ainda não recebeu os montantes relativos às vendas de Paulo Miranda (Red Bull Salzburg-AUT), Denílson (Al Wahda-EAU) e Souza (Fenerbahce-TUR), mas já captou recursos para quitar os três meses de direitos de imagem atrasados com o elenco.
O dirigente afirmou que o clube teve “receitas em atraso” que só entraram nos cofres recentemente, mas que possibilitarão todos os pagamentos ainda em abertos com o elenco, os quais já teriam inclusive começado a serem feitos. “Já temos o valor necessário para quitar os três meses. As primeiras notas fiscais já chegaram (direitos de imagem são pagos às pessoas jurídicas dos atletas) e já pagamos. O valor que o São Paulo receberá pelas vendas (cerca de R$ 23 milhões) ainda não está disponível, vai demorar algum tempo porque existe toda uma burocracia envolvida. Mas recebemos outras receitas que estavam atrasadas. O importante é que tudo será quitado”, prometeu.
Alguns dos destaques do plantel são-paulino já vinham demonstrando insatisfação com a situação, como o meia Michel Bastos e o goleiro Rogério Ceni, que apesar de não ter reclamado de atrasos salariais em si, criticou as vendas de jogadores, geradas por problemas financeiros. Apesar das declarações, outros jogadores, como Alexandre Pato, afirmaram que problemas extra-campo não afetam o desempenho dos atletas durante as partidas.
O São Paulo vai a campo nesta quarta-feira (08), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, onde “visita” o Vasco da Gama, que vendeu seu mando de campo, a partir das 22 horas (horário da capital federal), em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.